Conheça 5 técnicas para aumentar a testosterona no seu corpo!

como aumentar a testosterona

Seja porque você já está com um pouco mais de idade e seu corpo não produz tantos hormônios como antes, seja porque você quer ter mais apetite sexual na cama… Independentemente do motivo, a testosterona é um hormônio fundamental para o bom desenvolvimento e funcionamento do corpo masculino. Se seus níveis estão baixos, você pode começar a sofrer alguns sintomas incômodos.

Por isso, para saber como aumentar a testosterona, continue lendo esse post e veja várias maneiras diferentes para adaptar ao seu cotidiano.

Por que preciso aumentar a testosterona?

Esse hormônio se encontra presente tanto nos homens quanto nas mulheres, mas no sexo masculino é visto em maior quantidade. Ele é responsável pelo crescimento e quantidade de pelos, como também mantém sua virilidade e masculinidade. O homem fica mais fértil e tem mais apetite sexual quando está em seus níveis normais de testosterona.

Quando há a deficiência dessa substância no corpo, os ossos ficam mais fracos, o homem começa a ter várias alterações de humor e hesitação em decisões simples da vida. Além disso, ele começa a ter menos disposição para realizar exercícios.

Como saber se tenho deficiência de testosterona?

Observe os sinais que o seu corpo dá. Quando os níveis de testosterona estão abaixo do normal no seu corpo, você sentirá:

  • Alterações de humor frequentes
  • Cansaço e fadiga
  • Falta de apetite sexual
  • Redução de pelos no corpo
  • Aumento de gordura corporal
  • Perda de memória
  • Dificuldade para dormir

Em alguns casos quando os níveis estão muito baixos, você pode começar a sentir dores no corpo e pode até desenvolver osteoporose.

Alimentação

Uma forma de aumentar a testosterona naturalmente é criando uma dieta favorável à produção dessa substância. Alimentos ricos em vitaminas A e D, bem como com propriedades ligadas ao zinco são ideais. Por isso, consuma ingredientes como:

  • Feijão
  • Fígado
  • Sementes de girassol
  • Castanha do Pará
  • Ostras

Outros insumos que precisam estar presentes na alimentação são: o espinafre, manga, tomate e óleo de peixe.

Não consuma muito açúcar nem soja, pois eles diminuem a produção de testosterona no corpo. Para fazer uma dieta adequada, consulte um nutricionista, pois apesar das indicações, cada metabolismo age de uma forma e necessita dos alimentos adequados.

Durma bem

Isso mesmo que você leu. Uma boa noite de sono é ideal para produzir seus hormônios normalmente, principalmente a testosterona. Tendo no mínimo 5 horas de sono seguido de forma confortável, seus níveis de cortisol diminuem a testosterona aumenta.

O cortisol é o hormônio que colabora para o estresse, por isso é bom que seus níveis estejam baixos no corpo.

Mantenha o peso

Não deixa que seu IMC fique nunca abaixo de 25, nem acima de 29, pois a obesidade e todos os fatores prejudiciais desse excesso de peso prejudicam a produção normal dos seus hormônios.

Faça musculação

Ao praticar exercícios, nosso corpo começa a trabalhar melhor. Mas ao fazer musculação, o organismo masculino produz muito mais testosterona do que o normal. A prática dos exercícios ainda queima gordura e contribui para o aumento de massa muscular, melhora o humor e a vida sexual. Faça musculação por pelo menos 30 minutos todos os dias.

0 Compart.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *