Tipos de comprovante de renda: Saiba os documentos mais pedidos

comprovante de renda

Os comprovantes de renda estão sendo cada vez mais solicitados pelas agências financeiras e bancos do mercado. Visto que, por meio desse comprovante é possível conseguir empréstimos, financiamentos e até mesmo cartões de crédito. Além disso, com ele, é possível que esses bancos e agências financeiras consigam analisar o risco de crédito e calcular qual será o limite disponível para essas pessoas.

E por ser tão exigido para comprovações, ter um comprovante de renda sempre em mãos é fundamental. Mas você sabe quais são os tipos de comprovante de renda que são aceitos? Se a sua resposta foi não, você deve continuar lendo esse artigo, pois nele eu irei sanar todas as suas dúvidas sobre o que pode ou não ser utilizado com esse fim.

Como comprovar a renda?

Existem várias maneiras de se comprovar a renda, mesmo entre as pessoas que não possuem carteira assinada. Uma vez que, muitas vezes o tipo de comprovante de renda poderá variar entre as instituições, pois algumas são mais exigentes e solicitam decore, contracheque, ou declaração do imposto de renda, enquanto algumas já são mais flexíveis e aceitam até mesmo extrato bancário.

A seguir eu separei alguns dos principais tipos de comprovante de renda, que são:

Carteira de trabalho

As pessoas que são assalariadas e possuem a carteira assinada podem usar esse documento como meio de comprovar a sua renda, desde que a pessoa receba o valor que está escrito nela. Para quem recebe mais do que o que está comprovado na carteira é necessário que você tenha outros documentos que comprove esse ganho extra.

Declaração de imposto de renda

Esse é um dos comprovantes de renda mais aceitos pela maioria das instituições, já que através desse documento é possível saber quanto o declarante obteve de renda no ano anterior.

Mas também, é possível que alguns bancos solicitem outros documentos auxiliares para essa comprovação, visto que as informações do imposto de renda estão desatualizadas.

Decore

O  Decore é um documento de comprovação de renda utilizado principalmente por pessoas autônomas, que são quem tem mais dificuldade de comprovar o quanto ganha. O Decore só é aceito quando feito por um contador com registro no Conselho Regional de Contabilidade, sendo que ele irá solicitar seus documentos que comprovem seus ganhos e fazer uma declaração baseada nesses dados.

Holerite

O Holerite é outro comprovante de renda que pode ser aceito por algumas instituições de crédito, desde que seja apresentado o Holerite dos três últimos meses. Mas é preciso lembrar que, o holerite não terá comissões e benefícios incluídos, e por isso a renda da pessoa pode ser menor do que o seu ganho real.

Extrato bancário

O extrato bancário, em alguns casos, poderá ser aceito como comprovante de renda. Contudo, é importante salientar que nem sempre esse extrato é aceito, dependerá das normas de cada instituição. Para que ele sirva como comprovante de renda, você deverá apresentar os extratos dos três últimos meses.

Ficou alguma dúvida sobre os tipos de comprovante de renda? E só deixar um comentário que em seguida responderemos você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *